domingo, 1 de dezembro de 2019

The Mandalorian no Disney+ usa HDR falsificado


A Disney fez questão de referir que o seu Disney+ disponibiliza conteúdos 4K em HDR, mas esqueceu-se de dizer que no caso do The Mandalorian, esse HDR é falsificado.

O HDR veio dar toda uma nova dimensão aos filmes e séries, com impacto ainda mais significativo do que a passagem do Full HD para o 4K. Com um filme em HDR real, podemos ver a diferença entre algo que seja "branco" e algo que seja ainda mais brilhante, como o Sol, chamas, ou lasers - e torna-se numa experiência inesquecível quando visto num ecrã que seja capaz de reproduzir esses conteúdos (ao ponto de fazer com que o regresso aos conteúdos não-HDR nos faça suspeitar que há uma qualquer avaria no televisor ou calibração da imagem).

Infelizmente, embora a série The Mandalorian da Disney se apresente como uma série HDR, a verdade é que não tem qualquer conteúdo HDR. A luminosidade máxima dos conteúdos fica-se por uns modestos 200 cd/m2 para nas partes mais brilhantes da imagem (incluindo lasers, chamas, etc.), longe dos 1000 ou 1200 cd/m2 que seriam possíveis de reproduzir nos melhores ecrãs.


E infelizmente, isto não é um erro sem efeitos secundários adversos. Ao sinalizar que se trata de conteúdo HDR, a maioria dos televisores activa imediatamente o modo de maior luminosidade, o que vem acompanhado de maiores consumos e maior desgaste do ecrã - sendo que neste caso, isso é feito sem qualquer necessidade.

Esperemos que, tal como se comprometeu a corrigir o corte das piadas nos Simpsons, a Disney rapidamente reveja esta situação e se certifique que o Mandalorian passe a dar o uso correcto ao HDR.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails