segunda-feira, 25 de março de 2019

Trailers de 2ª [2019-03-25]

Temos nova ronda de trailers para vos mostrar, para ajudar a superar a 2ª-feira que é sempre problemática para alguns:


















domingo, 24 de março de 2019

The Weight of Light: A Collection of Solar Futures


Hoje não vamos falar de "curtas" filmadas, mas sim escritas. Este The Weight of Light: A Collection of Solar Futures é uma antologia, disponível gratuitamente, que resulta do desafio lançado pela Arizona State University a vários escritores, para que imaginassem como poderia ser um futuro focado na energia solar.

A ideia é que estas histórias possam servir para nos inspirar e dar esperança para um futuro que seja menos "negro" do que aquele que estamos constantemente a antecipar, resultante das alterações que temos provocado no último século devido às emissões poluentes.

The Weight of Light é completamente gratuito e pode ser descarregado nos formatos ePub, HTML, iBook, e Mobi.

sábado, 23 de março de 2019

Os efeitos especiais de The Wandering Earth

The Wandering Earth é o maior filme sci-fi a chegar-nos da China (até ao momento), retratando a louca aventura de tentar reposicionar o nosso planeta numa órbita mais distante para sobreviver a um Sol em expansão, e hoje podemos espreitar como foram feitos alguns dos seus efeitos.

Curiosamente, o vencedor do Fantasporto deste ano foi também um filme sci-fi chinês sobre o Sol, mas que optou pela estratégia oposta. Em Last Sunrise temos o Sol a apagar-se.

sexta-feira, 22 de março de 2019


Após mais de um ano de preparação fica completamente concluída a aquisição da 21st Century Fox pela Disney, um negócio de 71 mil milhões de dólares que torna o império da Disney ainda mais poderoso.

Com (mais) esta aquisição a Disney, que já detém a Lucasfilm e a Marvel, passa a somar ao seu catálogo as produções da Fox (que no cinema incluem filmes como Avatar, e na TV séries como os Simpsons), incluindo a Twentieth Century Fox, Fox Searchlight Pictures, Fox 2000 Pictures, Fox Family, Fox Animation; grupos Twentieth Century Fox Television, FX Productions, e Fox21; canais FX; National Geographic; Star India; e ainda as participações da Fox na Hulu e outros grupos (como a Endemol Shine).

O que isto quer dizer é que a Disney, que já era um colosso na área, torna-se num elemento ainda mais poderoso, reforçando os conteúdos com que poderá contar para o seu futuro serviço de streaming Disney+ que, para todos os efeitos, se poderá considerar o primeiro rival de peso da Netflix. Em antecipação a isto, a Disney já foi eliminando parcerias e licenciamentos (os conteúdos Marvel e Star Wars têm desaparecido da Netflix, por exemplo) e está a apostar que muitos actuais clientes Netflix estejam dispostos a segui-los para a sua nova casa.

Tudo se irá resumir ao que a Disney estará disposta a oferecer aos clientes... e a que preço. Se se vier a ter um serviço Disney+ que dê acesso a todo este catálogo a um preço competitivo com a Netflix, vai ser uma situação interessante de se ver. Se a aposta for em lançar uma dezena de serviços individualizados (Marvel, Star Wars, Fox, etc.)... não me parece que venha a ter grande sucesso. Mas por outro lado, importa relembrar a importância de manter um mercado saudável onde exista concorrência competitiva. Pois se apenas dominar um serviço, qualquer que ele seja, será apenas uma questão de tempo até que os preços comecem a subir e a qualidade do serviço a diminuir.

quinta-feira, 21 de março de 2019

Sabrina regressa a 5 de Abril

Depois de ter reiniciado a sua vida com a nova série Chilling Adventures of Sabrina na Netflix, poderemos ver que mais confusões se irão gerar com a chegada da segunda parte da série, que chega a 5 de Abril a este serviço de streaming.


A série As Arrepiantes Aventuras de Sabrina reimagina as origens e aventuras de Sabrina, a Bruxinha Adolescente, num formato mais obscuro e centrado numa história de amadurecimento que oscila entre o terror, o oculto e, claro, a feitiçaria.

A Parte 2 da série vê Sabrina a explorar o seu lado mais obscuro, curiosa por aprender mais sobre a sua ascendência, enquanto se esforça por manter as suas amizades no mundo mortal. Ao nível romântico, Sabrina está presa num triângulo amoroso com o bruxo sexy Nicholas Scratch e o mortal Harvey Kinkle.

Enquanto isso, O Senhor do Mal, a Madame Satan e o Padre Blackwood continuam a conjurar o caos na casa Spellman e em Greendale. E não são os únicos a tentar tornar o mundo num inferno. Tudo está ameaçado quando o trabalho do diabo está a ser realizado...desde relações, identidades, intenções verdadeiras.

Estreias da semana

Us - Nós
Realizador: Jordan Peele
Actores: Lupita Nyong'o, Elisabeth Moss, Winston Duke


Welcome to Acapulco - Bem-Vindos a Acapulco
Realizador: Guillermo Iván
Actores: William Baldwin, Michael Madsen, Bradley Gregg


Gabriel
Realizador: Nuno Bernardo
Actores: José Condessa, Sérgio Praia, Carlos Areia


Dumplin' - Miss XL
Realizador: Anne Fletcher
Actores: Danielle Macdonald, Jennifer Aniston, Odeya Rush


A Kid Like Jake - Uma Criança Como Jake
Realizador: Silas Howard
Actores: Claire Danes, Ann Dowd, Octavia Spencer




Outras Estreias
  • Uma Nação, Um Rei

quarta-feira, 20 de março de 2019

Netflix vai "actualizar" filme Bird Box e remover imagens de tragédia real


Já estamos habituados a que as apps tenham actualizações regulares, e agora a Netflix vai fazer o mesmo com o seu filme Bird Box.

O filme Bird Box, que nos apresenta um mundo onde os habitantes enfrentam uma ameaça que os pode deixar loucos assim que a vêem (e portanto, tendo que andar de olhos fechados durante a maior parte do tempo). O problema é que, lá pelo meio, são usadas imagens reais de um trágico acidente ferroviário que ocorreu em 2013 no Canadá, para representar um ataque nuclear.

O acidente, provocado pelo descarrilamento de um comboio com 74 carruagens de crude, que causou uma imensa explosão, vitimando 47 pessoas e obrigando a demolir inúmeros edifícios, foi uma tragédia nacional que poucos querem ver relembrado nestas circunstâncias. No entanto, apesar das críticas, a Netflix disse que não iria alterar um filme já concluído. Coisa que afinal parece ter reconsiderado, agora dizendo que irá fazer uma edição ao filme de modo a retirar as imagens em questão.

Esperemos que os motivos por trás desta decisão sejam efectivamente a de estarem solidários com a população afectada por esta tragédia, e não uma forma de "promover o filme", depois de ter passado o seu "hype" inicial.

Related Posts with Thumbnails