segunda-feira, 20 de novembro de 2017

MoviePass permite ir ao cinema todos os dias por $7 por mês

Enquanto os distribuidores de cinema se vão queixando da falta de espectadores, eis um programa que existe nos EUA e que muito gostaria de ver replicado no nosso país: o MoviePass.

O conceito do MoviePass é extremamente simples: os clientes pagam uma mensalidade e podem ir ver qualquer filme, a qualquer altura, em qualquer cinema (dentro dos cinemas que colaboram com esta iniciativa, que são cerca de 91% dos cinemas nos EUA). A melhor parte é que o serviço melhorou recentemente as condições de acesso... e agora volta a tornar a proposta ainda mais irresistível.

Inicialmente o serviço custava entre $15 e $12 por mês, permitindo ver apenas dois filmes por mês, e não teve grande adesão. Em Agosto tudo mudou, com o preço a ter sido reduzido para $10 e o limite de filmes a aumentar substancialmente, para um filme por dia; levando a uma procura imensa por parte de pessoas interessadas. E agora, o negócio pode ser ainda melhor, para os clientes que estiverem dispostos a pagar um ano adiantado, trazendo o preço para cerca de $7 por mês - por 30 (potenciais) idas ao cinema.

Confesso que era daquelas coisas em que nem hesitaria (nem que tivesse que pagar dois anos adiantados), mas por outro lado também acho estranho porque é que estão a oferecer este desconto quando me parece que o preço normal de $10 por mês já seria bastante apelativo (a empresa nem sequer teve capacidade para lidar com o afluxo de novos clientes quando baixou os preços). Seja como for, é daqueles negócios que espero que se revele economicamente viável e sustentável... e que rapidamente seja replicado no nosso país (na verdade até fico admirado como é a NOS ainda não avançou com algo idêntico para os seus cinemas, considerando o número de salas e distribuição que tem pelo país...)

Fica a ideia...

domingo, 19 de novembro de 2017

Icarus [curta]

Os primeiros exploradores de Marte terão uma vida bastante solitária, e no caso deste Icarus de Tom Teller, temos uma dupla de astronautas composta por mãe e filho, e um assistente robótico adicional.

... Fica apenas a questão sobre se ter a família tão perto será realmente reconfortante, ou fonte de preocupações adicionais.

sábado, 18 de novembro de 2017

67% dos utilizadores da Netflix vêem conteúdos fora de casa


A ideia de que só pode desfrutar dos serviços de streaming para ver filmes e séries em casa não passa de um mito, e a comprová-lo temos um inquérito da Netflix que revela que 67% dos seus clientes já vê conteúdos fora de casa, em locais públicos - e cerca de metade deles até já apanhou outras pessoas a "espreitar" o que estão a ver.

Apenas 18% dizem ficar um pouco envergonhados por estarem a ver as suas séries favoritas em público, e 17% admitem já ter perdido a sua paragem por estarem tão concentrados naquilo que estavam a ver.

Tívessemos nós planos de dados mobile mais compatíveis com este tipo de utilização e arrisco-me a dizer que esta última percentagem seria bem maior - isso, ou então expandirem a funcionalidade de descarregar conteúdos para serem vistos em modo offline a todos os conteúdos, e não apenas a uma selecção reduzida... :P

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Rampage [trailer]

Quando há falta de inspiração nada como olhar para videojogos clássicos do século passado, e depois do célebre Pac-Man ter dado origem ao Pixels, eis que também o Rampage vai ter idêntico tratamento, sem olhar a despesas para meter nomes sonantes no elenco, a começar por Dwayne Johnson como protagonista.

Para ver, sem pensar muito no assunto... :P

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

LIMA [trailer]

O Oats Studios de Neill Blomkamp continua a debitar trailers e curtas que vão explorando vários temas para ver se algum deles poderá transformar-se numa longa metragem, e LIMA é mais um dos que mostra potencial.

Com uns toques de inspiração de Robocop e de jogos como Halo e Crysis, temos um projecto secreto de criação de um fato que permite criar super-soldados... e em jeito de spoiler já arriscava dizer que se chegaria ao fim e se descobria que lá dentro não havia nenhuma pessoa, mas sim um robot... :)


Estreias da semana

Justice League - Liga da Justiça
Realizador: Zack Snyder
Actores: Henry Cavill, Ben Affleck, Gal Gadot


Rebel in the Rye - A Vida de um Génio
Realizador: Danny Strong
Actores: Nicholas Hoult, Kevin Spacey, Sarah Paulson


Bob the Builder: Mega Machines - Bob o Construtor: Mega Machines
Realizador: Stuart Evans, Colleen Morton
Vozes: Brian Cox, Dustin Demri-Burns, Joanne Froggatt


Kidnap - Rapto
Realizador: Luis Prieto
Actores: Halle Berry, Lew Temple, Dana Gourrier


The Only Living Boy in New York
Realizador: Marc Webb
Actores: Callum Turner, Kate Beckinsale, Pierce Brosnan


A Family Man - Um Homem de Família
Realizador: Mark Williams
Actores: Gerard Butler, Alison Brie, Willem Dafoe




Outras Estreias
  • England is Mine


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Andy Weir gastou 1 ano a criar "cidade na Lua"


Depois das aventuras "cientificamente correctas" de The Martian, Andy Weir volta-se para a primeira cidade humana fora do nosso planeta... e novamente fez todos os possíveis por se manter cientificamente correcto, tendo perdido um ano a tratar de todos os detalhes logísticos de tal empreendimento.

Muito se fala de Tolkien e do trabalho que teve a imaginar todo um vasto mundo de fantasia com todos os detalhes, mas poderemos dizer que Andy Weir não fica atrás dele... numa perspectiva mais científica. Para Artemis, que se passa na primeira cidade na lua, Weir fez um exaustivo trabalho de casa, que foi desde a análise de custos para saber quando é que se tornaria economicamente viável abrir as viagens espaciais ao "público", assim como tudo o que implicaria construir uma cidade na Lua da forma mais eficiente: tanto ao nível do aproveitamento dos materiais na Lua (que permitem produzir alumínio e oxigénio), como das próprias fontes de energia (usando reactores nucleares compactos)...

Os direitos para a passagem deste seu novo livro a filme já foram assegurados, mas segundo as intenções do autor, a ideia é que este mundo possa vir a dar origem a muitas mais histórias - o que certamente seria aconselhável, depois de todo este tempo passado a tratar da parte "logística" e que ficará longe do olhar do público...

Related Posts with Thumbnails