segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Stranger Things 2


Já chegou à Netflix a segunda temporada de Stranger Things e, como não podia deixar de ser, lá teve que ser tratada com maratona durante o fim-de-semana.

O meu receio de que este Stranger Things 2 fosse apenas tentar capitalizar sobre o sucesso do primeiro foi acalmado ao saber que as intenções dos irmãos Duffer passavam, desde logo, pela criação de uma história que se prolongasse ao longo de vários anos. Isto porque, no final da primeira temporada de Stranger Things, pensava que o melhor seria que a segunda temporada abordasse algo completamente diferente - mas por outro lado reconheço que seria um desperdício não aproveitar todos os personagens que nos foram apresentados e se foram desenvolvendo ao longo desses episódios, e que nesta segunda temporada continuam em excelente forma.

Desta vez a ameaça é muito superior à que nos foi apresentada inicialmente. Se o inimigo em Stranger Things se resumia a um "monstro" que tentava apanhar a jovem protagonista "Eleven"; desta vez descobrimos que esse monstro era apenas um mero soldado entre muitos, e que a verdadeira ameaça é o "chefe" que se esconde nas sombras.

Ao longo desta segunda temporada continuam a ser muitas as homenagens às memórias dos anos 80 e a alguns filmes clássicos da época (desta vez tendo direito até a participação de um dos "goonies" originais. :) O único episódio que fica um bocado isolado é um em que Eleven parte à procura da irmã - e que serve como prolongamento de um final em cliffhanger do episódio anterior - mas que acabar por ser essencial para o desfecho desta temporada (embora não deixe de ficar a sensação de ter ali ficado "um pouco à pressão").

... Venha de lá a terceira temporada... e todas as outras que os irmãos Duffer acharem ser precisas. :)


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails