quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Intel encerra o seu estúdio da captura AR/VR

A Intel não só se tem preocupar com o M1 da Apple, como também parece não ser capaz de acompanhar os tempos noutras áreas como a realidade virtual e realidade aumentada.

A empresa encerrou o seu Intel Studios, um avançado palco com hemisfério de captura de imagem para VR e AR, dizendo que tal se deve às condições de mercado (e bem sabemos como o sector do cinema tem estado este ano devido ao Covid-19).

É certo que sim, mas suspeito que também tenha a ver com o facto desta tecnologia estar cada vez mais acessível para todos, dispensando a necessidade de recorrer a um palco especializado; ou melhor dizendo, sendo relativamente fácil que até estúdios de média dimensão criem os seus próprios sistemas de captura - sendo que a última tendência tem sido a de utilizar ecrãs para mostrar os cenários em vez dos habituais ecrãs verdes, com todas as vantagens que isso traz em termos de simular os reflexos correctamente, etc.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails