sábado, 20 de julho de 2019

Netflix remove cena de suicídio do 13 Reasons Why


Depois de ter lutado pela permanência da dramática cena de suicídio no episódio final da primeira temporada de 13 Reasons Why, a Netflix optou por remover a cena polémica com a justificação de que é a recomendação dos profissionais de saúde.

Alguns estudos revelam que houve um aumento nos suicídios entre adolescentes após o lançamento da série - sem que no entanto tenha sido verificada qualquer relação directa com a série (tanto quanto sabemos, poderão dever-se apenas à pressão acrescida das redes sociais) - e terá sido essa a gota de água que levou a Netflix a cortar a cena. No entanto nem tem todos concordam. Outros especialistas argumentam que sem essa cena se reforça a ilusão do "suicídio romântico" e "limpo" - e que a cena do suicídio, por muito penosa que fosse, servia para mostrar como o suicídio é na realidade - potencialmente podendo desmotivar outros de o tentarem.

Seja como for, este caso vem relembrar que para além dos riscos dos conteúdos nas plataformas de streaming poderem desaparecer a qualquer momento; temos também o risco de que uma série ou filme que se tenha visto não vá permanecer da forma como a vimos pela primeira vez. Penso que o mais correcto nestes casos seria a Netflix disponibilizar duas versões; uma com a versão "original" (que já leva com os alertas das cenas "sensíveis"), outra em edição "censurada" para quem a preferisse.

É um péssimo precedente andar a recortar séries ou filmes anos após terem sido lançados (substituindo os originais sem hipótese os vermos como eram).

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails