terça-feira, 26 de março de 2019

Leaving Neverland


Leaving Neverland é o mais recente e polémico documentário sobre o muito adorado rei da pop, Michael Jackson, e que volta a levantar a questão dos abusos sexuais feitos a crianças.

Quase uma década após a morte de Michael Jackson aos 50 anos, este documentário está a ser severamente criticado pelos fãs do artista, uma vez que funciona como uma prolongada denúncia feita por duas pessoas (Wade Robson e James Safechuck) que, enquanto crianças, tiveram o "privilégio" de se tornarem amigos íntimos daquela que era visto como uma pessoa inatingível.

De forma bastante explícita e ao longo de mais de quatro horas (partidas em duas partes), assistimos ao seu relato de como o seu fascínio por Michael Jackson se tornou numa oportunidade de sonho - de o conhecerem pessoalmente - e de se irem aproximando cada vez mais da estrela, ao ponto desse "carinho" se começar a tornar em algo cada vez mais físico e sexual.

Ficará ao critério de cada um decidir se estas duas pessoas, uma delas até tendo servido de testemunha a favor de Jackson nos casos que enfrentou no passado, estarão a tentar fazer o correcto - mesmo que tardiamente. Ou se será apenas uma tentativa de tentar facturar mais alguns milhões de forma fácil. Independentemente dessa decisão... dará sempre material suficiente para se pensar, especialmente para quem tiver crianças naquelas idades.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails