terça-feira, 25 de outubro de 2016

The Walking Dead S7 começa com o mais violento episódio até à data


A série The Walking Dead já nos tem apresentado alguns episódios violentos ao longo das suas últimas seis seasons, mas a estreia da 7ª season vai ficar certamente gravada na memória de todos os que a virem - e já começar a gerar polémica entre os grupos que acham que o conteúdo é demasiado violento para ser apresentado em televisão.

A série regressa para nos dar a conhecer finalmente quem é que Negan terá matado, e é precisamente isso que faz... mas não sem também nos fazer sofrer bastante; eventualmente, até demasiado - mas algo que penso que acaba por resultar bastante bem, por nos colocar perante uma situação de total impotência face aos acontecimentos que se vão desenrolando, e que parecem ir piorando mesmo quando se pensava que o pior já teria passado.

Spoilers Ahead!

A vítima de Negan foi o Abraham... mas isso acaba por não ser o pior; pois em resposta a um soco de Daryl, Negan opta por dar outra lição, matando também Glenn (um dos personagens mais adorados pelo público) e de forma ainda mais "gráfica" (matar pessoas com um bastão de basebol não é nada bonito, e este episódio faz questão de nos relembrar isso em grande detalhe). E como se tudo isso não bastasse, Negan não pára até quebrar completamente Rick e o seu olhar desafiante e sedento de vingança, obrigando-o a cortar o braço do seu próprio filho à machadada... quase; pois interrompe-o no último momento; mas nesta altura deixando os espectadores também à beira do ponto de ruptura.


É um episódio bastante puxado sim, e nada apropriado para as pessoa mais sensíveis (e até algumas das que se considerariam menos sensíveis), mas ao contrário do que os tais grupos de ratings parecem quer fazer, há que relembrar que toda e cada pessoa tem ao seu dispor um comando com o qual pode simplesmente mudar de canal ou desligar o televisor. :P

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails