sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Fury

Eu sou fã de filmes de guerra, e quanto mais "claustrofóbicos" melhor (ando desesperado por que regresse a "moda" dos filmes de submarinos). Não havendo submarinos, um tanque de guerra também funciona... e temos este Fury para mostrar o que vale.

Escrito e realizado por David Ayer (que escreveu o Training Day) já se esperava um filme cheio de momentos tensos, e felizmente é o caso. Fury acompanha a tripulação de um tanque norte-americano na sua incursão pela Alemanha na última fase da 2ª Guerra Mundial, tendo que combater os superiores Panzer alemães.

O filme acaba não exagerar na dose de batalha tanque vs tanque que muitos esperariam, optando por se centrar no que é a própria guerra e o "fim da inocência" que representa... Vencedores e vencidos... todos acabam por arriscar perder a sua própria humanidade.

Um grande filme sobre guerra, que merece figurar ao lado de todos os outros que nos mostram que a guerra, seja ela qual for, é bem diferente de qualquer tentativa de representação "heróica" que por vezes se tenta fazer passar.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails