quarta-feira, 19 de novembro de 2014

The Expendables 3

Os "dispensáveis" estão de regresso ao ecrã para mais uma dose de acção e muita nostalgia, em The Expendables 3.

Não há muito que dizer sobre os filmes Expendable, e este não será excepção. À primeira vista parece ser um mero encontro de vedetas dos 80 e 90, com saudades dos tempos áureos dos videoclubes, e onde os filmes de acção apenas tinham que ter acção (boa ou má), e onde todas as falhas se perdoavam. E à segunda vista... o sentimento é o mesmo.

Mas é verdade que neste terceiro filme há diferenças. O habitual grupo de veteranos foi repescar o desaparecido Wesley Snipes, que tinha ficado "queimado" com o fisco norte-americano depois de umas chatices com um produtor e que lhe cortou a carreira precisamente quando estava na sua época alta (após os Blade) - que não se coíbe de mandar essa mesma piada durante o filme; e temos também um passar de testemunho a uma nova e mais fresca geração de actores que poderá assumir o papel de futuros action heros para as novas gerações.

A história não tem surpresas e é básica quanto baste: vingança contra um dos fundadores do grupo, que se pensava estar morto, e que virou para o "lado mau"; situações onde meia dúzia de heróis têm que enfrentar todo um exército inimigo; e muita acção.

Mesmo assim, é um filme que nos deixa um sabor nostálgico com alguma amargura, pois a idade não perdoa, e mesmo com todas as boas memórias que guardamos destes actores, é inevitável o sentimento de que talvez já fosse tempo de deixarem essas memórias descansarem em paz.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails