terça-feira, 14 de outubro de 2014

Dracula Untold

A célebre história de Drácula parece nunca passar de moda e em Dracula Untold temos mais uma versão que nos pretende dar a conhecer os acontecimentos por outra perspectiva (um pouco ao estilo do que se passa com Maleficent.)

Tratando-se de um trabalho de estreia do realizador Gary Shore não se poderiam exigir milagres, e o melhor é mesmo não levar muitas expectativas para a sala de cinema... que assim não se correm muitos riscos. Dracula Untold conta-nos a história do Príncipe Vlad, que depois de ter sido forçado a tornar-se num guerreiro sanguinário pelo Turcos, regressa ao seu reino esperando reinar em paz... e assim o faz, até que uma década mais tarde os Turcos regressam exigindo 1000 crianças para transformarem em soldados, incluindo o herdeiro real.

Perante o poderio do exército turco, Vlad, em desespero, faz um pacto com uma estranha força das trevas que lhe dá poderes sobre-humanos... e já sabemos como é que isso vai resultar.

Tirando um ou outro aspecto (como algumas interpretações que mais se aproximam do nível de telefilme do que de um filme de cinema), o filme até acaba por ser engraçado - embora sem qualquer surpresa. Por um lado até acaba por ser engraçado ver um Drácula que se aproxima das suas origens de "cavalheiro civilizado" (mesmo tendo o seu lado animalesco) em vez dos vampiros tradicionais que temos visto nos últimos anos. Restará agora saber se o resultado nas bilheteiras será suficiente para que esta história continue a ser contada, pois o final é feito mesmo a jeito para que isso aconteça...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails