segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Philip Seymour Hoffman R.I.P.

Nunca se está preparado para a despedida de um daqueles grandes actores que habitualmente encontramos no grande ecrã; e muito menos quando isso acontece de forma inesperada e - porque não dizê-lo: estupidamente. Philip Seymour Hoffman é um daqueles rostos que tanto ficava bem a fazer de grande amigo como de um qualquer vilão maléfico que tanto nos poderia abraçar num momento como matar no seguinte.

Com mais de 60 filmes no currículo que recuam até aos inícios da década de 90, Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto em sua casa, aparentemente vítima de uma overdose e ainda com uma seringa pendurada no braço.

Mais uma vez nos faz repensar até que ponto se pode aspirar a imaginar o que realmente será a vida destas pessoas quando estão longe dos holofotes e câmaras que os dão a conhecer ao mundo. De qualquer forma, não deixa de ser uma tragédia e uma estupidez, quando - seja lá porque motivo for - alguém se deixa apanhar nas malhas da droga e desaparece muito antes daquilo que seria de esperar.

Philip Seymour Hoffman:  23 de Julho 1967 -  2 de Fevereiro 2014


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails