terça-feira, 3 de setembro de 2013

Redemption

Jason Statham está de volta com um filme que parece ser mesmo ao seu género, o de durão solitário e imperturbável. Este Redemption marca a estreia de Steven Knight como realizador no cinema (depois de alguns episódios da série The Detectives na década de 90, e de ter escrito Dirty Pretty Things e o argumento de Eastern Promises).

Statham é Joey, um sem-abrigo que vive uma vida amargurada nas ruas de Londres, traumatizado por um episódio da guerra em que o seu pelotão foi dizimado. Por acidente vai parar a uma casa desocupada e passa a assumir uma nova vida, enquanto ao mesmo tempo se vai aproximando de uma freira que ajuda os desfavorecidos e tentando também descobrir o que aconteceu a uma jovem rapariga que também vivia nas ruas mas que apareceu morta.

Pela sinopse pensei que fosse mais um filme "à Statham" (que em muitos aspectos é)... a surpresa vem do facto do filme querer aprofundar os personagens bem mais do que o costume - na minha opinião talvez até um pouco demais: quem vai ver um filme de Statham não estará à espera de uma história para o Óscar nem uma interpretação "de luxo". Assim, corre-se o risco dos fãs dos filmes de acção ficarem desesperados com todo o tempo "parado", enquanto que os fãs dos filmes com história poderão achar que a história seria melhor contada por outro actor.

A mim não me desagradou... mas também não será filme que ficará gravado na memória.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails