quarta-feira, 5 de junho de 2013

Jack the Giant Slayer

Bryan Singer volta a entrar no reino da fantasia, mas desta vez substituindo os super-heróis e mutantes por uma história bem mais tradicional neste Jack the Giant Slayer. Tendo como inspiração o conto popular do "João e o pé de feijão", esta versão está bastante modificada, com o destaque a ser dado aos gigantes e não ao mais habitual ganso dos ovos de ouro (embora a certa altura se "pisque o olho" a este elemento).

Jack é um pobre camponês que vive num reino que outrora tinha combatido os gigantes e os fez desaparecer graças a uma coroa mágica. Depois de alguns acontecimentos, acaba por ficar na posse das sementes mágicas (sem saber o que são) e por acidente uma delas lá acaba por germinar, arrastando consigo a princesa para as alturas. O Rei organiza uma missão de salvamento... e lá partem os nosso heróis para a aventura, acompanhados por um membro que tem outras intenções.

Como se não fosse suficiente o filme basear-se num conto bem conhecido, nem sequer a remodelação faz com que se possam esperar surpresas neste filme (pois não as há). No entanto, não é por isso que deixa de ser um filme bem divertido para toda a família, tanto para miúdos como para graúdos - e onde surpreendentemente a presença de Ewan McGregor como elemento secundário acaba por estar bem doseada (receava que lhe dessem mais destaque que ao protagonista - que pudemos ver recentemente em Warm Bodies).


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails