quarta-feira, 20 de março de 2013

Mama

Vencedor desta edição do Fantas, não podia deixar passar despercebido este Mama que os irmãos Andrés e Barbara Muschietti tiveram a honra de apresentar pessoalmente no auditório do Rivoli (sempre com muita boa disposição).

Inspirado pela curta que fizeram em 2008 (com o mesmo nome, e que também passou no Fantasporto), este duo encheu-se de coragem e aventurou-se na sua adaptação para uma longa-metragem - que ainda por cima nos chega com o aval de Guillermo del Toro, e com caras bem conhecidas: como Jessica Chastain e Nikolaj Coster-Waldau (para quem vir o Game of Thrones).

Quanto à história: duas crianças que ficam perdidas na floresta após um acidente de automóvel, mas cujo tio nunca deixou de as procurar, são finalmente descobertas após cinco anos... e com comportamentos algo estranhos.

Depressa se descobre que afinal há algo que as ajudou a sobreviver na floresta, e que não está disposto a deixá-las partir.

Mesmo sem grandes surpresas ou reviravoltas, o filme consegue criar ambiente e tensão suficiente para nos apresentar momentos "arrepiantes". Há um par de cenas que certamente passará a figurar na "top" das cenas mais memoráveis de filmes do género (a começar logo pela cena em que as duas pequenas miúdas são descobertas numa cabine na floresta.)


Há algumas coisas que me irritaram no filme, e que - quanto a mim - estragaram a consistência do filme como um todo; quando a meio do filme todo o filme se passa a focar noutro personagem que ali parece cair de para-quedas (e que felizmente rapidamente "desaparece"); assim como depois o tempo que o tio passa na floresta, para depois aparecer milagrosamente no local certo à hora certa. Fazem parte das liberdades cinematográficas, mas que me parece serem aspectos que poderiam ter sido melhor "limados" para um resultado final mais conexo. A parte final peca também por cair no exagero de "mostrar" demasiado, e com isso perder parte da mística que conseguiu criar ao longo da parte inicial. Mas, mesmo com estas falhas, é um filme que certamente recomendo que vejam, de preferência numa sala às escuras com uma tempestade do lado de fora da janela... e já agora, acompanhados por um par de amigos(as) que se aterrorizem facilmente! :)


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails