quarta-feira, 17 de junho de 2020

Revenge


Em período de confinamento Covid-19, sem estreias nos cinemas, por vezes acabamos a deambular pelos diversos serviços de streaming em busca de "algo" que nos pareça interessante para ver; e foi numa dessas deambulações que me deparei com este Revenge no Amazon Prime Video.

Com Matilda Lutz como protagonista (a mesma do Rings de 2017), este é um daqueles filmes de um sub-género bem peculiar mas que conta com uma legião de fãs fiéis: os filmes de vingança. Neste caso, as coisas complicam-se quando um empresário que leva a sua jovem e sensual amante para a sua casa de deserto, mas um dos seus sócios não resiste a violá-la; acabando por fazer com que tentem "eliminá-la" para não contar a história - e daí, passando à parte da vingança da mesma.

Embora não carregue demasiado nas cenas de tortura habituais neste tipo de filmes (como os populares I Spit On Your Grave), temos no entanto direito a prolongadas cenas que visam impressionar os mais sensíveis (uma delas prestando uma prolongada homenagem à cena do "curativo" à Rambo). Claro que é preciso uma boa dose de tolerância às incongruências, como ter a protagonista em estado de quase morte, mas logo a seguir estar a correr e lutar como se estivesse em plena forma; para na cena seguinte se lembrar que está afinal em muito sofrimento e mal se consegue mexer; etc. etc.

Mas pronto, quem procura este tipo de filmes já sabe ao que vai... e por isso, não saíra desiludido.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails