sexta-feira, 8 de maio de 2020

Covid-19 força Hollywood a aceitar Oscars para filmes estreados em streaming


Depois de toda a guerra contra os serviços de streaming, a Academia de Hollywood vê-se forçada a dar o dito por não dito, e anuncia que este ano irá permitir que os filmes estreados em serviços em streaming possam ser candidatos aos Oscars.

A estreia em salas de cinema tem sido um dos pontos "sagrados" para os Oscars, gerando bastante contestação entre as plataformas de streaming, que têm que recorrer a artimanhas para poderem ver as suas produções serem consideradas para esse galardão - como colocar os filmes no cinema durante o tempo exigido antes de os disponibilizarem aos seus subscritores. Mas com as salas de cinema encerradas devido ao Covid-19, foi necessário ajustar as regras...

Para este ano, a Academia diz que podem ser considerados os filmes que estrearem em serviços de streaming, mas com alguns requisitos adicionais: o filme teria que ter data de estreia já marcada para os cinemas; e no caso de algumas categorias como "Melhor filme", continuará a ser necessário que sejam exibidos pelo menos durante sete dias num cinema de Los Angeles - para não facilitar demasiado a vida à Netflix (que diz estar imune ao Covid-19) e demais serviços de streaming.

No entanto, não se espere que estas alterações sejam prenúncio de maior abertura e modernidade da Academia, já que fazem também questão de referir que se tratam de medidas excepcionais para fazer face ao encerramento dos cinemas causado pela pandemia; e que as regras voltarão às habituais assim que a situação normalizar.

... É de mim, ou estão mesmo a pedir que um destes dias surja alguém a criar os "Oscars do streaming", e depois lá vão ele ter que se apressar a mudar as regras novamente, dessa vez de forma definitiva!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails