terça-feira, 28 de janeiro de 2020

1917


Inspirado pelas história do seu avô enquanto soldado na Primeira Grande Guerra, Sam Mendes traz-nos uma épica história de guerra neste 1917, apresentado numa versão bastante intimista com a câmara permanentemente focada nos protagonistas e filmado como se todo o filme fosse uma cena única contínua, sem cortes.

A história acompanha um par de soldados que tem como missão atravessar terreno inimigo para entregar uma mensagem que impeça um ataque que será lançado por um batalhão na manhã seguinte caia numa armadilha, potencialmente matando milhares de soldados. É uma missão que nos faz passar pela experiência do que seria estar no campo de batalha nas guerras de trincheiras, embora - e ao contrário do que estava à espera - sem nunca "exagerar" na parte da guerra enquanto "espectáculo", como muitos outros filmes de guerra fazem.

O trabalho de câmara é fantástico, e só por isso este é um filme que nos deixa colado à cadeira do princípio ao fim. É perfeitamente natural que saiam de lá com vontade de ver o making-of! :)

Altamente recomendado, e garantidamente irá merecer alguns óscares nas categorias técnicas (dito isto, continuo a achar que o Parasite devia levar o de melhor filme! :)


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails