sexta-feira, 4 de maio de 2018

Avengers: Infinity War


A Marvel continua a debitar filmes, fazendo com que quase se tenha que ir ao cinema todos os meses para acompanhar as aventuras dos seus super-heróis, e agora temos direito a um dos mais épicos até à data, que reúne praticamente todos os seus heróis para enfrentar um dos mais temíveis vilões de sempre: Thanos!

Em Avengers: Infinity War Thanos está prestes a conseguir obter todas as infinity stones, que lhe darão o poder de um "deus", facilitando o seu objectivo de dizimar metade das criaturas vivas no universo - algo que ele considera ser essencial para reestabelecer o "equilíbrio". Do lado oposto deste inimigo aparentemente imparável temos os nossos heróis de serviço, que se juntam para batalhas épicas que vão preenchendo o filme em dose "q.b."... mas que a certo ponto também nos começam a fazer suspeitar que as coisas irão ficar "a meio"...

E assim é. Sem entrar em spoilers (sendo que por esta altura já todos deverão saber), o filme termina numa situação que deixa a maioria dos espectadores em modo "mas... vai acabar assim?", remetendo para uma conclusão que só deverá chegar no próximo ano (ainda sem nome, talvez para não revelar a direcção em que se irá seguir).


!!!SPOILER ALERT!!! - Daqui para a frente, não se queixem!

Pois... no final, temos que Thanos vence e, com um simples estalar dos dedos, faz desaparecer metade das criaturas do Universo, incluindo metade dos nossos super-heróis. É uma táctica que pode parecer querer aproveitar-se de um dos elementos de sucesso do Game of Thrones (matar protagonistas)... mas que acaba por ter um sabor algo artificial, quando se sabe que nestas coisas dos super-heróis, quer seja por magia, viagens no tempo, ou universos alternativos, há sempre maneira de dar a volta à coisa, tornando tudo isto um pouco inconsequente (bem, também no Game of Thrones já tivemos um protagonista a ressuscitar... pelo que ninguém está livre...)

Enfim... vamos lá ver qual será a táctica utilizada para a resolução deste filme... sendo que as propostas mais radicais apontam para que isto pudesse servir para passar o testemunho a uma nova geração de novos super-heróis. Mas, parece-me que seria demasiado arriscado a Marvel livrar-se desde já de alguns dos mais característicos rostos que personificam os seus super-heróis.

... Veremos!




Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails