terça-feira, 13 de março de 2018

Annihilation


Os estúdios norte-americanos não tiveram confiança para lançar o filme Annihilation no circuito comercial internacional, fazendo que o mesmo transitasse directamente para o Netflix, e nós agradecemos. O mais recente filme de Alex Garland, que conta com Natalie Portman, Jennifer Jason Leigh e Oscar Isaac como protagonistas, leva-nos numa aventura sci-fi que irá necessitar de algum tempo para ser digerida.

A história começa com um meteorito que cai na terra e começa a criar uma zona "estranha" que se vai expandindo lentamente. De todas as missões enviadas para explorar esta área nunca ninguém regressou, com a excepção de um militar que surge misteriosamente em casa, extremamente doente e prestes a morrer; e que irá ter como efeito a sua mulher, ex-militar, agora bióloga, se junte a uma nova missão de exploração, procurando encontrar alguma solução que possa salvar o seu marido.

Visualmente o filme é arrebatador, recriando um ambiente que simultaneamente nos é familiar mas onde existe sempre algum elemento "estranho"; mas a nível a nível de história preparem-se para situações perfeitamente evitáveis que terão simplesmente que aceitar tal como são, como forma de ir progredindo...

Sem entrar em demasiados pormenores, este é um filme que se percebe porque motivo terá amedrontado os produtores. É um daqueles filmes sci-fi que dá trabalho aos neurónios e não é para ser visto com um balde de pipocas na frente, e que nos pode levar a expandir o tema até à profundidade que se (tiver a coragem) de ir. Da minha perspectiva, poderá ser visto como um lembrete da nossa ínfima pequenez e de como a Natureza e o Universo pouco se preocupam com todos os nossos "porquês"... o que por um lado é desolador, mas que por outro lado nos deverá fazer dar mais valor aquilo que somos...


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails