quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Breaking Bad


Ao final de quase uma década sobre o início da série, lá consegui finalmente fazer uma mega-maratona de Breaking Bad e ficar a conhecer em detalhe as aventuras de Walter White.

Antes que comecem a insultar-me, interessa referir que há muito que sabia que esta era uma série obrigatória; mas que simplesmente fui adiando e adiando... e alguns de vocês já estarão naquela fase de perceber que os anos passam a voar. Mas, posso dizer que ainda bem que adiei o visionamento de Breaking Bad, pois assim pude fazê-lo usando o Netflix... e ver a série na sua totalidade em Ultra HD 4K (o que não poderia ter feito se tivesse optado por seguir a série quando foi exibida).

Por esta altura imagino que a grande maioria já tenha visto a série, e que as excepções sejam aqueles que, como eu, estão a adiar isso para uma altura em que estejam com vontade de ver uma das melhores séries de sempre. A série acompanha Walter White, um génio da química que agora trabalha como professor numa escola secundária, e a quem é diagnosticado cancro e poucos meses de vida. Não conseguindo aceitar o facto de deixar a sua família cheia de dívidas, acaba por ser envolver no mundo da criação da droga, criando uma droga com um nível de pureza jamais visto e que depressa se torna num sucesso que o vai atirando para situações cada vez mais complicadas.

Ao longo das suas 5 seasons, são poucos os episódios que não nos apresentem reviravoltas memoráveis e que nos relembrem porque motivo Breaking Bad tem sido considerada uma das melhores séries de todos os tempos. Em suma... obrigatório ver! (E agora vou espreitar o spin-off Better Call Saul... que mesmo não tendo nada a ver, sempre vai ajudando a superar o final de Breaking Bad.)


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails