sexta-feira, 11 de setembro de 2015

The Visit

M. Night Shyamalan está de regresso aos cinemas, e é inevitável que isso seja acompanhado de muitas expectativas (quer boas, quer más). Mas então, que tal está este The Visit?

The Visit conta-nos a história de um jovem casal (irmão e irmã) que vão passar uma semana com os seus avós, com os quais a sua mão não tinha contacto há mais de uma dezena de anos, depois de ter "fugido" de casa. O filme adopta o estilo "found footage", em que estamos a ver um vídeo gravado pelos próprios jovens, com a irmã a ser a pseudo-realizadora e o irmão a servir de elemento cómico (uma opção que também é explicada pelo orçamento reduzido que o filme, produzido pelo próprio Shyamalan, tinha).

Só que depressa os jovens começam a perceber que os seus avós têm comportamentos que se vão tornando cada vez mais estranhos à medida que os dias da semana vão passando... e de simples excentricidades se começa a suspeitar que algo de pior se esteja a passar... até que temos o tal pseudo-twist característico de Shyamalan (embora aqui já seja algo que se pode prever com alguma antecedência).

Então... serve este filme de relançamento de Shyamalan para os seus tempos áureos de outrora? Não me parece. O filme vê-se (pelos fãs destes estilo de filmes), mas acaba por ser algo que melhor se adequaria a um episódio do Twilight Zone, e sem necessidade de se ter prolongado tanto. No entanto, também penso que o filme nos mostra um Shyamlan que se começa a libertar da pressão a que estava sujeito, e se preocupa em fazer aquilo que lhe apetece sem se preocupar demasiado com o que os outros querem/pensam.

Enfim... vamos ver o que se segue... e já poderemos ficar com uma melhor ideia do rumo que ele vai tomar.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails