sexta-feira, 9 de maio de 2014

Joe

Se querem ver um filme que vos deixe com um sorriso ao sair da sala de cinema, Joe não será definitivamente o filme que procuram. Este filme de David Gordon Green (Pinneaple Express, All the Real Girls), conta com Nicolas Cage no papel principal, e apresenta-nos um retrato bastante desolador - e realista - da vida longe das grandes metrópoles americanas.

A história é a de um ex-presidiário que vive uma vida aparentemente sem rumo definido, dividida entre um trabalho a abater árvores e o lidar com "personagens" locais; mas que acaba por se cruzar com um jovem energético filho de um pai alcoólico e ao qual não conseguirá ficar indiferente.

Não é o tipo de filme que me cative, mas há que reconhecer que o filme nos consegue arrastar para aquele mundo estranho de coisas que sabemos que existem, talvez com maior frequência do que a que gostaríamos de admitir.

O filme ganhou exposição adicionar ao recorrer a vários "actores" que não são actores - incluindo o que interpreta o pai alcoólico do rapaz, Gary Poulter, que é um verdadeiro sem-abrigo com problemas de alcoolismo, e que foi encontrado morto em Setembro de 2013, antes do filme ser lançado. Um final trágico que apenas serve para dar ainda maior carga dramática a este triste retrato de alguns recantos da nossa sociedade que a maioria das pessoas preferirá fazer de conta que não existem.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails