terça-feira, 15 de abril de 2014

The Amazing Spider-Man 2


Temos mais uma aventura do nosso "aranhiço" a chegar aos cinemas nacionais. The Amazing Spider-Man 2 será um filme que não deixará indiferentes os fãs do Homem-Aranha, nem que seja pelo facto de conter uma cena fundamental e marcante do desenvolvimento.

O nosso Homem-Aranha tem tido uma vida atribulada nos cinemas. Depois das cómicas versões feitas nos anos 80, Spider-Man recebeu uma nova abordagem já com a magia do digital a dar uma ajuda; mas depois de três filmes levou com um reboot em cima e vamos agora neste que é o segundo filme deste seu novo capítulo. Com tanto revisitar e recontar das suas origens, esperava-se que este filme desse finalmente um passo em frente para nos fazer sair da fase de arranque - mas infelizmente não é o caso. Embora o filme aborde um acontecimento marcante para a vida de Peter Parker, acaba por mais se parecer um amontoado de coisas desconexas, ingredientes atirados à sorte para a receita e misturados sem grande cuidado: temos o vilão de serviço; temos a investigação para saber o que aconteceu com os pais de Peter Parker, temos o regresso de Harry Osborne e a sua elevação a Duende Verde; e SPOILER AHEAD - a morte de Gwen, o grande amor de Peter.

São elementos que, cada um deles por si, justificaria um filme por si só, mas que aqui são misturados... e que nem se pode dizer que tal seja feito com mestria. Faz-me pensar se a certa altura os argumentistas se terão fartado de tentar fazer com que a coisa encaixasse bem e simplesmente tenham desistido e dito: "que se lixe, fica como ficar!"

Se calhar estou a ser exigente demais... mas com tanta dose de Homem-Aranha e com reboot pelo meio, penso que me posso/devo dar ao luxo de o poder ser. Não quero influenciar-vos negativamente, mas sinceramente, esperava um Spider Man 2 bem mais "amazing" que este The Amazing Spider-Man 2.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails