quarta-feira, 12 de março de 2014

The Railway Man

Quem tiver crescido a ver filmes de guerra dos anos 50, 60 e 70 poderá ter ficado com a ideia de que a guerra era uma "festa" onde grupos de amigos conseguiam inevitavelmente superar todas as adversidades sem grandes dificuldades. Os filmes que nos mostravam um panorama menos "divertido" do que era a guerra eram bastante mais raros. Muitos terão visto o célebre The Bridge on the River Kwai, mas agora podemos ver algo relacionado por uma perspectiva bem diferente neste The Railway Man.

Baseado em acontecimentos verídicos, este The Railway Man mostra-nos um grupo de veteranos que continua a sofrer com aquilo que passaram enquanto prisioneiros dos Japoneses, trabalhando como escravos na construção da linha férrea para ligar Burma a Sião. Um em particular está mais afectado que os outros, focando toda a sua atenção naquilo de que gosta: os comboios; até ao dia em que conhece uma mulher que não consegue ignorar. Após o casamento, ela irá descobrir o peso que ele carrega consigo, da tortura a que foi sujeito... até chegarmos ao ponto em que ele descobre que o seu torturador ainda está vivo, e decide confrontá-lo com os seus actos.

Excelente trabalho de um Colin Firth "amargurado" pelo que sofreu, e uma Nicole Kidman que faz o que lhe compete sem "ofuscar" o que interessa. Mais um filme que nos revela que não há aspectos "bonitos" sobre as guerras, e que só quem por elas passa saberá como isso transformará as pessoas para sempre.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails