sexta-feira, 7 de março de 2014

Pecado Fatal [Fantasporto 2014]

Embora o Fantasporto há muito que se tenha aventurado para o cinema mais generalista, eu ainda sou daquelas pessoas que olhar para este festival como sendo um festival de cinema fantástico. Mas este ano tenho que confessar que as melhores surpresas têm surgido precisamente dos filmes de estilos mais convencionais... mas sem que por isso sejam menos "fantásticos".

É precisamente o caso deste Pecado Fatal (site oficial), um filme nacional que poderá fazer repensar todos aqueles que dizem que os filmes portugueses "são uma seca".

Escrito e realizado por Luís Diogo, e com Sara Barros Leitão, Miguel Meira e João Guimarães como protagonistas; este filme arrasta-nos para uma história onde se interligam os mistérios, o amor, e o peso das mentiras.

Depois de ser surpreendido a meio da noite por um amigo que lhe toca à campainha para pedir um quarto emprestado para dormir com uma rapariga que conheceu nessa noite; o nosso protagonista acaba por também ter relações sexuais com ela (em circunstâncias algo complicadas, pois ela ainda pensava que era "o outro").
.

Dá-se início a uma relação que se vai complicando, não só por culpa desse segredo da primeira noite como também pela incessante procura de uma resposta a uma pergunta que a tem atormentado durante toda a sua vida - e que ela quer ver respondida, de uma vez por todas.

Mesmo se seria fácil arranjar pontos "a criticar" e que poderiam ter sido melhorados ou revistos, penso que o essencial neste filme é demonstrar-nos como é possível fazer-se cinema em Portugal que cative os espectadores, e que não temos falta de actores (e actrizes) à altura dessa tarefa. A Sara Leitão acaba por ser a actriz que sustenta o filme, e mostrando que tanto se sente à vontade nas partes mais leves e cómicas, como nas "explosões emocionais"; enquanto Miguel Meira tem um papel mais apagado... (mas confesso que fico na dúvida se será propositado por opção do tipo de personagem... ou não). Destaque também para João Guimarães no papel do "amigo que quase todos conhecemos" e que também nos fará pensar e repensar até que ponto a realidade imita a ficção... ou vice-versa.

Pecado Fatal irá chegar às salas nacionais nos próximos meses, e é altamente recomendado que façam a vossa parte... comprando um bilhete e demonstrando que o cinema em Portugal poderá ser comercialmente auto-sustentável.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails