sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Ender's Game

É um dos filmes mais aguardados do ano (e de sempre?), Ender's Game chega às salas de cinema Portuguesas, e vai fazer as delícias dos fãs de ficção científica. Embora se trate de um filme que é uma adaptação de vários livros lançados na década de 80 e 90, era uma saga que me tinha passado completamente despercebida até recentemente. Por isso, vi o filme sem ter qualquer "expectativa" do que dali poderia sair.

Por um lado, ainda bem... já que todos os filmes de ficção que vi depois de ter lido os livros que lhes deram origem são sempre... "estranhos" (ou literalmente "maus"!)

Em Ender's Game temos um planeta Terra que quase foi dizimado por uma raça extra-terrestre com aparência de insectos, e agora toda a população tem como missão exterminar esta raça de extra-terrestres antes que eles nos exterminem a nós. A esperança da humanidade é depositada na mão de crianças, que são treinadas desde cedo em ambientes de combate simulado e estratégia, para que ultimamente liderem a batalha que nos levará à vitória.

Ender é uma dessas crianças, e que se distingue das demais e vai ser o escolhido para essa missão. Pelo caminho tem que lidar com as questões da família (da irmã que adora e do seu irmão com tendências violentas); os colegas que o olham com desprezo e dos quais terá que ganhar o respeito; os bullies que tentam intimidá-lo... e por fim, a responsabilidade de liderar a sua equipa num assalto final que poderá significar o fim ou a sobrevivência de toda a raça humana - e tudo isto sem esquecer... que estamos a falar de crianças.

O filme resulta bastante bem como introdução a todo este universo (tanto o jovem Asa Butterfield como o veterano Harrison Ford estão excelentes nos seus papéis) mas sente-se que a história foi imensamente "condensada" para caber num único filme. É melhor ter sido assim do que o oposto (esticar desnecessariamente a coisa para encher três ou quatro filmes)... e de resto, todo e qualquer filme que me faz sair da sala de cinema com a vontade de querer saber mais sobre os livros que lhe deram origem, é para mim sinal suficiente de que a coisa está bem feita. :)




Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails