segunda-feira, 14 de outubro de 2013

The Conjuring

Mais um filme de terror... oh não... mais um que vai querer assustar-nos usando todos os truques já vistos, revistos e reciclados que conhecemos. Era assim que estava quando me sentei para começar a ver o The Conjuring - mesmo sabendo que era um filme que nos chegava de James Wan, que nos trouxe Saw, Dead Silence e Insidous.

O filme acompanha os estranhos fenómenos que surgem quando uma família se muda para uma casa (sem saberem que esconde um passado sombrio), e de um casal de investigadores do paranormal que vão tentar ajudar a resolver a situação. Tudo isto passado na década de 70, e com uma montagem que nos vai dando a conhecer os vários aspectos da história por diferentes perspectivas.

... E apenas vos digo que este é o filme que vos aconselho a ver numa sexta-feira ou sábado à noite, de preferência com um grupo de amigos que seja impressionável - e especialmente se quiserem que nunca mais regressem a vossa casa! :)

O filme é verdadeiramente assustador - o que por si só já deve servir de referência vindo de alguém que normalmente "adormece" a ver filmes deste género - e tem a vantagem adicional de conseguir repescar alguns momentos dignos do impacto que alguns clássicos tiveram na altura, como Poltergeist e o Exorcista (e também alguns dos filmes do próprio James Wan - como a boneca que imediatamente nos remete para Dead Silence). É verdadeiramente refrescante poder voltar a ficar com "aquela" sensação que se deseja ter quando se vê filmes para assustar.

Se Wan continuar assim, o próximo filme vai ter que surgir com o aviso de que é impróprio para cardíacos! :) Venha ele! (E ainda por cima, este The Conjuring presta-se perfeitamente a que possam ser feitos muitos outros filmes, baseando-se nos casos dos investigadores paranormais.)


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails