sexta-feira, 27 de setembro de 2013

The Frozen Ground

Olhando-se para o percurso mais recente de Nicolas Cage, é sempre um pouco arriscado ver um filme com ele. E no caso deste The Frozen Ground, não fica garantido à partida que a participação de John Cusack seja algo favorável, nem tão pouco a inclusão da sempre "agradável" Vanessa Hudgens.

Tal como a grande maioria dos filmes actuais, este The Frozen Ground não escapa a levar com uma etiqueta de "baseado em factos reais", e apresenta-nos uma história de um assassino em série que tem atacado mulheres, mas que deixou escapar uma jovem prostituta. Nicolas Cage é o detective que leva o caso a sério e insiste em explorar todas as pistas e acredita na rapariga; Cusack é o assassino que despreendidamente trata as suas vítimas como animais e sem qualquer compaixão.

Tirando aqueles que vão espreitar o filme para fazer fast forward para as cenas em que Vanessa Hudgen aparece com pouca roupa num strip club, o filme acaba por surpreender pela positiva. Não que o filme tenha qualquer coisa de especial ou de original (não querendo parecer insensível por retratar um caso real com dezenas de vítimas), mas sim pelo facto de surpreendentemente termos Nicolas Cage a fazer um bom papel - e livre dos seus habituais tiques que noutras alturas nos dão a sensação de estarmos a ver filmes repetidos.

Mesmo assim, não é isso que salva o filme, tal como não o é a interpretação desinspirada de Cusack, ou o boa prestação de Vanessa Hudgens fora do seu repertório habitual. No final, ficamos com a sensação de ter visto um tele-filme mediano, onde nada de mau há a assinalar, mas onde também não existe nada que o torne memorável para além do tempo que demoramos a vê-lo.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails